Home > Associados
Associados > Dicas de dieta

Assim como outras partes do corpo, a sua boca depende de uma boa nutrição para se manter saudável. Uma alimentação pouco nutritiva prejudica a saúde dos dentes e pode levar desde a perda, problemas gengivais e até ao mau hálito.

A visita ao dentista também deve ser periódica, pelo menos de seis em seis meses.

Se os seus dentes já estão amarelados, existem duas maneiras de realizar o clareamento: em casa, sob orientação do dentista, através da aplicação de um gel clareador em uma moldeira confeccionada no consultório, durante duas semanas.

A outra maneira é no consultório: o dentista aplica um gel clareador numa concentração maior em relação ao utilizado no método caseiro. Esse método é conhecido como "Clareamento a Laser". O tratamento caseiro demora cerca de catorze dias, variando de acordo com o grau de escurecimento e do quanto se deseja clarear. Já o tratamento a laser é feito, geralmente, em uma única sessão.

O resultado final, tanto com uma técnica quanto com a outra, é o mesmo. No entanto, o clareamento a laser tem a vantagem de o paciente, em apenas uma sessão, já sair com os dentes clareados. A comodidade é também um ponto positivo, já que não há necessidade do uso da moldeira por duas semanas.

Mas a questão da segurança é definitiva na decisão da paciente, pois o gel da moldeira provoca uma grande sensibilidade dentária ao longo do uso. No clareamento a laser, a sensibilidade é mínima e sua duração é de, no máximo, 24 horas. Em nenhum dos dois tipos de clareamento a estrutura do dente é afetada.

Embora o hábito de fumar não impeça o clareamento dental, enquanto o paciente estiver em tratamento, deve-se evitar o cigarro e alimentos que contenham corantes.

Os dentes podem escurecer novamente, mas nunca como antes. O ideal é fazer uma manutenção após um ou dois anos, dependendo dos hábitos do paciente.

O clareamento é contra indicado para mulheres grávidas, lactantes e para pessoas que possuem retração de gengiva.

A saúde bucal é muito importante a todos, vale a pena mudar alguns e adotar outros hábitos para não ter mau hálito, dores incômodas, sensibilidade, gengivites, câncer de boca, entre outras doenças que podem surgir a partir de dentes esquecidos na boca.

voltar


Na área restrita você encontra:


DENTALPAR - CRO 4418
RESPONSÁVEL TÉCNICO:
Armando Rodrigues Filho
CRO 31 426